27 novembro 2008

Memórias da minha infância (depois)


Eu pulei amarelinha e no céu sempre chegava. Eu pulei muita corda cantando aquela musiquinha... Eu brincava na rua... esconde-esconde, pega-pega, queimada, betis e vôlei. Eu pulei elástico... com minhas amigas e com as cadeiras lá de casa. Eu fazia aquelas brincadeiras com as mãos Adoleta e tmb Flai ou Si. Eu comia manga verde e chupava limão com sal... ai como minha barriga doia depois. Eu subia no pé de manga e lá ficava olhando para o chão. Eu brinquei de casinha... tinha muitas panelinhas e quando não tinha... ia com sucata mesmo. Eu brincava de boneca e adorava levá-las para passear na rua... em carrinhos e cestinhas. Eu não tive Barbie... mais sempre emprestava das minhas amigas e nunca passava vontade. Eu tive a casinha do Pônei e a minha Bebezinha... e não posso esquecer da Bambina e da Cerejinha. Eu aprontava mto... era uma menina mto levada da breca. Eu tinha cabelo chanelzinho... bochechas rosadas e sorriso com covinha. Eu amava dormir na casa da minha vó e lá passar minhas férias. Eu tomava banho no chuveirinho improvisado no quintal da casa dela... nos dias quentes de verão... a casa dela... era alegria para todos os netos. E na casa da minha vó eu comia pão caseiro quentinho, mtos doces e chupava geladinho. Eu tive clubinho... ele tinha até hino e as meninas pagavam mensalidades: "Natureza Viva... o nosso clube é mais bonito... Vamos proteger a natureza... que legal, a natureza... Viva, Viva, Viva a natureza... Vivaaaaaaaaaaaa!!" Esse era o hino... lembro como se fosse hoje. Eu pulava o muro da vizinha, para pegar a jabuti que ficava no jardim... trazia ela para casa para passar o dia comigo, ela ficava muito abandonada, coitadinha. Eu colecionava papel de carta e tmb adorava escrever cartas para a família e todos que que eu gostava. Eu andava de bicicleta... para todos os lugares e nunca tive medo de nada. Eu adorava brincar de escolinha... tinha um quadro-negro e dava aula para meus bichinhos de pelúcia e para minhas bonecas. Eu tinha uma imaginação fabulosa e raramente me sentia entediada, pq sempre arrumava o que fazer. Eu realmente tive uma boa infância... eu brinquei de verdade!!!

Ser Criança é Tudo de Bom!!

Memórias da minha infância (antes)

As memórias da minha infância se dividem em 2 partes, antes de depois do choque da perda do meu pai.
Levei anos para entender, que não lembrava dele, pq resolvi esquecê-lo para não sofrer.
Eu tinha apenas 5 anos... e ele se foi deixando um mundo de possibilidades para mim e nossa família.
O laço familiar se rompeu... a dor da sua perda deixou um buraco em meu peito e tudo muito difícil.
Ele era o alicerce... era tudo, era um homem bom e trabalhador... mais foi irresponsável ao pilotar uma moto durante a noite... ele se foi sem dizer Adeus!!
Levou com ele nossos sonhos... nossas esperanças!

Eu me lembro...
Lembro de passear com ele em sua moto, ia na frente, sentada no tanque.
Lembro do último dia em que o vi... naquele velório triste.
Lembro que não queria estar lá, nem olhar para ele deitado em seu caixão...
Lembro que queria sumir!
Lembro que me perguntavam... vc sabe o que está acontecendo?
Sim eu sabia, mais não respondia... não falava nada... só depois de adulta que consegui falar nele.
Lembro que para sair dali... pedi para meu primo ir para a casa da minha vó comigo... eu queria a minha chupeta, naquele momento, aquele objeto de borracha foi meu consolo!
Eu me lembro apenas de esquecer... de tentar esquecer... de não acreditar e fingir que tudo não passou de um sonho ruim!!
Lembro que eu tinha 5 anos e só queria meu pai de volta... eu só queria o seu colo.
Ele se foi em 9 de Dezembro de 1982.

Ele se foi e não disse Adeus!!!

26 novembro 2008

QUISERA


Quisera Senhor, neste Natal armar uma árvore e nela pendurar, em vez de bolas, os nomes de todos os meus amigos. Os amigos de longe, de perto. Os antigos e os mais recentes. Os que vejo a cada dia e os que raramente encontro. Os sempre lembrados e os que às vezes ficam esquecidos. Os constantes e os itinerantes. Das horas difíceis e os das horas alegres. Os que, sem querer eu magoei, ou sem querer me magoaram. Aqueles a quem conheço profudamente e aqueles de quem conheço apenas a aparência. Os que me devem e aqueles a quem muito devo. Meus amigos humildes e meus amigos importantes. Os nomes de todos os que já passaram pela minha vida. Uma árvore de raízes muito profundas para que seus nomes nunca sejam arrancados do meu coração. De ramos muito extensos para que novos nomes vindos De todas partes venham juntar-se aos existentes. Uma árvore de sombra muito agradável para que nossa amizade, seja um momento de repouso nas lutas da vida. Que o Natal esteja vivo em cada dia do ano que se inicia para que possamos juntos viver o amor! Assim Seja... Amém!

Essa Oração tão linda veio no comunicativo da escola dos meus filhos². É com ela que dou início a uma nova fase da minha vida e deixo para trás uma fase cheia de erros, arrependimentos, decepções e desilusões.

2009 será TuDo de BoM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

22 novembro 2008

Bom Dia... flores para vcs!!!!

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Com carinho para todas as minhas amigas virtuais, tão reais qnto as que estão aqui pertinho.
Um Final de Semana Colorido e cheio de Flores para vcs!!!!
Bjosssss e Tudo de Bom!!

13 novembro 2008

Cuidado com os Manipuladores






Encontram-se espalhados por todo o lado; no trabalho, na família, nos amigos, na mulher ou no marido e, embora não chupem o sangue à vítima, são capazes de retirar-lhes a energia e destruir-lhes a vida. Como? Cativando-a, absorvendo-a e condicionando-lhe os comportamentos. De tal modo que a pessoa chega a perder a vontade própria, as suas convicções e, muitas vezes, até os seus valores. Mas tudo é feito de modo subtil e de acordo com uma estratégia específica…



Normalmente as pessoas manipuladoras apresentam uma grande lacuna de afeto. Acham-se o máximo e, agem como tal para camuflar uma grande pobreza interior. Apresentam um bloqueio face à tristeza e ao que os faz sofrer. Os manipuladores apresentam também, um grande desejo de valorização narcísica e têm necessidade de subjugar todos os outros aos seus caprichos. Mostram que são eles que controlam e não se sentem minimamente culpados das suas atitudes.


Normalmente têm uma abordagem fácil e simpática, de maneira a cativarem os outros. Além disso gostam de se colocar na posição de vítimas. Costumam pensar que sabem tudo sobre a vida da outra pessoa, isto, porque no fundo, são bastante menos inteligentes do que aquilo que pensam.
São pessoas extremamente possessivas e controladoras e, por isso, limitam a atuação do outro.
Numa relação a dois, por exemplo, quando um deles começa a sentir que a sua liberdade pessoal está a ser afetada, é porque algo vai mal na relação. O problema é que nem sempre toda a gente desenvolve o conceito de “liberdade pessoal”.
As pessoas que sofrem limitações quanto à sua independência, são mais manipuláveis, devido ao fato de não estarem habituadas a fazerem as suas próprias opções, tomarem decisões, a ter amigos e vida próprias e, em última instância a pensar em si próprias.
A sociedade atual e o respectivo ritmo de vida, privilegia o aparecimento de comportamentos manipulativos. As pessoas acabam por se afastar umas das outras, contudo não deixam de sentir uma grande necessidade de se socializarem.
A sociedade desresponsabiliza as pessoas manipuladoras e, na verdade, para existir um manipulador, tem de haver sempre quem se deixe manipular. A sociedade aceita os manipuladores, não os condena, por isso eles voltam a manipular.

Existem diversas formas de manipular, vamos ver algumas das mais frequentes:

MANIPULAR PELA TRISTEZA
Alegam estar num contínuo estado de depressão que ninguém compreende, acabando por contagiar com a sua tristeza, aqueles que se encontram mais próximos.
DESQUALIFICAM TODA AGENTE
Desqualificam não só quem está por perto, mas martirizam a vítima, de modo a deixarem-na numa posição de inferioridade. Assim, é fácil conseguirem uma posição de destaque e serem bem vistos.
PIADINHAS SARCÁSTICA
Utilizam com frequência comentários e piadas sarcásticas que acabam por ser desagradáveis para quem é alvo delas.
Criam uma imagem falaciosa da vítima devido aos seus comentários. Por exemplo se alguém estiver sempre a dizer que o outro é idiota, quem ouve, acaba por acreditar, ainda que não seja verdade.
ACHAM QUE CONHECEM PERFEITAMENTE A VITIMA
Dedicam-se a estudar meticulosamente o comportamento das outras pessoas, considerando-se aptos para adivinhar os pensamentos e criticar a forma de vida dos outros, que na verdade desconhecem.
GOSTAM DE CHEGAR SEMPRE EM PRIMEIRO
Por vezes utilizam a arrogância para acabar com os outros. O objectivo é fazer com que os outros se sintam tolos, enquanto eles passam por espertos. Gostam de se antecipar para assim se destacarem.
CULPABILIZAM OS OUTROS
Pedem com frequência favores, mesmo que estes pressuponham um esforço bastante grande para a outra pessoa.
Quando os outros não acedem aos seus pedidos, reagem de modo a fazê-los sentir-se culpados. É através deste comportamento que normalmente conseguem o que querem.

Nesta última parte podemos ver algumas das consequências que o ato de manipular pode provocar nas vitimas.

O ISOLAMENTO
A subtileza do agressor é tal que as pessoas que o rodeiam não percebem de que este está a manipular alguém. A vítima encontra-se completamente isolada e costuma aceitar continuar a defender o manipulador, para que a situação não se torne pior.
A ACEITAÇÂO
Os pequenos actos, ainda que perversos, acabam por parecer normais. A vítima não costuma dar-lhes grande importância e o agressor torna-se cada vez mais dominador.
A DESORIENTAÇÂO
O domínio do agressor provoca no agredido um estado de confusão. Quando se apercebe da situação a pessoa não sabe o que fazer, se deve ou não expor publicamente o ocorrido.
A ANSIEDADE
A submissão a que a vitima se sujeita, obriga-a a estar num permanente estado de alerta, o que provoca o acumular de tensão, assim como um estado de ansiedade. Quando não resolvida a situação acaba por originar o aparecimento de diversos sintomas psicossomáticos.

"Um homem de sentimentos esgotados tem como único prazer martirizar os outros seres humanos". (Selma Lagerlõf)

fonte: http://blogdeumadesconhecida.blogspot.com/


Fiquem atentos... nem tudo que parece é!!! Acordem pessoal... chega de manipulação!!! Para bons entendedores... meia palavra basta!!!
Bjos e Tudo de Bom!!


10 novembro 2008

Simplesmente... II

Sou modelo exclusivo de fábrica, meu mundo é diferente, vejo além do horizonte, sou movida a luz solar, de noite recarrego minha alma, meu corpo... minha mente! Sou rápida, esperta... faço tudo na hora, não deixo nada para depois e ainda tenho força para mais... mto mais... sou 1001 utilidades. O que pensam de mim não me incomoda, elogios não me iludem, gosto de viver na realidade, não consigo deixar os problemas de lado, enquanto não os resolvo, não tenho sossego, só durmo tranquila com a alegria de tarefa cumprida. Sou absoluta em tudo que faço, sem artifícios, sou simplesmente assim!!

Simplesmente... I





Sou morena rosada, cabelos lisos, castanhos e longos , sou olhos que dizem tudo, sorriso largo estampado com uma covinha.
Sou razão, sou emoção e sou coração... mais não sou ilusão.
Sou nascida em janeiro, sou capricorniana e agora sou vegetariana. (atualizado)
Sou teimosa, prática, sou esperta e curiosa...
Sou mto orgulhosa e mto mandona, sou uma jóia rara!!
Sou inverno, sou outono, sou primavera, mais definitivamente não sou verão.
Sou colorida, sou marrom e derivados, sou vestidos e calça jeans... mais nunca sou social!
Sou mtas viagens, andar só se for de carro, sou shopping, bons restaurantes e perfumes cheirosos.
Sou excelente mestre cuca, sou boa de garfo e  não sou adepta a dietas e nem escrava da balança.
Sou minha casa, minha família, sou sossego, mtos filmes e seriados.
Sou maezona, sou esposa, sou mulher, sou menina... 
Sou cor-de-rosa, sou fivelinhas, florzinhas e sou mtas coisinhas cuti-cuti!! 
Sou estressada com bagunça, sou aprendendo e vivendo. 
Sou Feliz, sou ousada, sou eclética, sou criativa e sou contra hipocrisia.
Sou guerreira, sou justiça, sou careta, sou saúde, sou pé no chão e consciência.
Sou pé gelado, sou café, sou bolo e comida caseira!
Sou Gilmore Girls, Grey's Anatomy, sou Friends e mto drama, drama, drama. 
Sou eclética, sou pop rock, sou de tudo um pouco, menos baladeira!!! 
Sou comédia romântica, sou aventura, sou drama e triologias.
Sou mtas fotos, sou porta-retratos, sou meus trécos e meu quarto. 
Sou meu notebook, sou tecnologia e eletrônicos. 
Sou criativa, sou dinâmica, sou inventar coisas novas e incrementar sobras e coisas antigas.
Sou simples, exigente, sou passado e presente, o futuro que me surpreenda com coisas boas.
Sou defensora da verdade, dos ofendidos e injustiçados.
Sou órfã de pai, sou carente, sou saudades, sou uma sobrevivente!
Sou mto amor pelos meus filhos, sou educadora, sou amiga, sou conselheira e companheira.
Sou verdade, sou dinâmica, sou vidente e sou pura energia e mta neura!!
Sou erros, acertos, sou mtos defeitos e mtas mágoas... afinal, sou um ser humano!! 
Sou tudo ou nada, detesto meio termo!!!
Sou tudo que desejei e tenho quase tudo que sonhei.
Sou Vida, Sou Amor, Sou Esperança num Mundo Melhor!!
Sou tudo isso e mto mais... Sou grata por se Eu!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...