28 fevereiro 2010

Yakissoba de PTS - Vegano


Hoje tivemos um almoço dos deuses aqui em casa, oops, da deusa, rsrs... fui eu quem fiz!
Meu filho mais velho quem deu a idéia e eu resolvi adaptar ao nosso paladar uma receita que achei na internet.
O resultado um delicioso Yakissoba Vegano.




Ingredientes

1/2 pacote de macarrão yakissoba da nissin

2 xícaras de PTS grande - hidratada e cortada em fatias.

1 cebola grande cortada em tiras

1 pimentão vermelho ou amarelo

1 pimentão verde

1 pacote de verduras/legumes para yakissoba(compra no mercado)

1 cubo de caldo de legumes

Shoyo (aproximadamente 1 xícara)

2 colheres de sopa de maizena diluída em 1/2 litro de água

azeite/óleo

Semente de Gergelim

Soja torrada

Modo de preparo

Refogue a cebola e o pimentão no azeite, em seguida junte a PTS e da uma fritada. Acrescenta o caldo de legumes(já diluído em 1/3 de água quente) e 1/2 xícara de shoyo. Refogue e acrescenta a água misturada com maizena, mexe até engrossar. Numa panela a parte, refogue até ficar ao dente as verduras com 1/2 xícara de shoyo e um pouco de água, quando estiver pronto junte a panela com a PTS e misture tudo. Enquanto isso a água para o macarrão já estará fervendo. Qndo o macarrão estiver pronto, coloque em um refratário e jogue o a PTS por cima, mistura e sirva na hora.

OBS.:

Cuidado com o shoyo, como usei o light, usei uma xícara, mas o normal é mais forte.


Bom Apetite!!

25 fevereiro 2010

O solitário é o eleito

O solitário é o eleito. O que o solitário escolheu? Ele escolheu somente seu próprio ser. E, quando você escolhe seu próprio ser, escolhe o ser de todo o Universo — porque seu ser e o ser universal não são duas coisas separadas.

Quando você escolhe a si mesmo, escolhe Deus e, quando você escolhe Deus, Deus o escolhe — você se tornou o eleito.

Bem-aventurado é o solitário e o eleito, porque ele encontrará o reino. Por vir dele, lá irá novamente.

Um solitário, um saniasin — é isso o que significa saniasin — um ser solitário, um peregrino, inteiramente feliz em sua solitude. Se alguém caminha ao lado dele, tudo bem, isso é bom. Se alguém o deixa, também está bem, isso é bom.

Ele nunca espera por alguém e nunca olha para trás. Sozinho, ele é inteiro. Esse estado de ser, essa inteireza, faz dele um circulo, e o princípio e o fim se encontram, o alfa e o ômega se encontram.

Osho, em "Amor, Liberdade e Solitude: Uma Nova Visão Sobre os Relacionamentos"
(fonte)

Lendo Marta Medeiros...

***

A todos trato muito bem
sou cordial, educada, quase sensata,
mas nada me dá mais prazer
do que ser persona non grata
expulsa do paraiso
uma mulher sem juízo, que não se comove
com nada
cruel e refinada
que não merece ir pro céu, uma vilã de novela
mas bela, e até mesmo culta
estranha, com tantos amigos
e amada, bem vestida e respeitada
aqui entre nós
melhor que ser boazinha é não poder ser imitada.


***


Eu triste sou calada
Eu brava sou estúpida
Eu lúcida sou chata
Eu gata sou esperta
Eu cega sou vidente
Eu carente sou insana
Eu malandra sou fresca
Eu seca sou vazia
Eu fria sou distante
Eu quente sou oleosa
Eu prosa sou tantas
Eu santa sou gelada
Eu salgada sou crua
Eu pura sou tentada
Eu sentada sou alta
Eu jovem sou donzela
Eu bela sou fútil
Eu útil sou boa
Eu à toa sou tua.

***

Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.

***

PEDAÇOS DE MIM

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.

***

Tristeza é quando chove
quando está calor demais
quando o corpo dói
e os olhos pesam
tristeza é quando se dorme pouco
quando a voz sai fraca
quando as palavras cessam
e o corpo desobedece
tristeza é quando não se acha graça
quando não se sente fome
quando qualquer bobagem
nos faz chorar
tristeza é quando parece
que não vai acabar.

***

22 fevereiro 2010

Coral de surdos - emocionante (Glee)

Imagine -Coral de surdos - emocionante (episódio 1x10)


True Colors
(episódio 1x10)

http://www.youtube.com/watch?v=XZHs20qj70Y

Don't rain on my parade
(episódio 1x13)


And I am Telling You I'm Not Going

Não sou metade, sou inteira!


Não sei existir pela metade
Não sei amar pela metade
Não sei ser mãe pela metade
Não sei ser esposa pela metade
Não sei ser amiga pela metade
Não sei ser boa pela metade
Não sei ser má pela metade
Não sei fazer nada pela metade
Não sei estar pela metade
Não sei largar nada pela metade
Não sei me dedicar pela metade


Tudo que me proponho a fazer, procuro fazer bem feito, sem deixar nada pela metade, sem me dedicar a nada nem ninguém pela metade. Ou eu estou ou não, ou eu amo ou não, ou eu sou ou não, ou eu quero ou não, e sempre fui assim, desde criança, e claro que com o passar dos anos, com a maturidade, fui ficando cada vez mais inteira. Talvez por exigir demais de mim mesma, acabo exigindo demais dos outros, dos estranhos, dos amigos, familiares, marido, filhos... se me entrego por inteira, não quero receber metade em troca. Não quero ser opção, para aqueles que trato como prioridade. Esse negócio de meio termo são para os fracos, para quem não consegue levar nada adiante ou se dedicar a alguma coisa ou alguém por inteiro, e se torna uma pessoa mediana. Por isso acabo sendo intolerante, porque não sei conviver com quem é pela metade.

"Gosto de pessoas doces, gosto de situações claras... e por tudo isso, ando cada vez mais só."
Caio Fernando Abreu

Antes de ser vegetariana...

Antes de ser vegetariana, eu era uma pessoa qualquer, comum. Saí da falta de informação total para a compreensão e conscientização da grandeza que é a vida de um animal. Comecei meio perdida, sem saber direito o que estava fazendo e o que deveria comer, mas fui atrás, pesquisei, li, assisti todos os vídeos importantes sobre o assunto e visitei e coloquei nos favoritos todos os sites que tratam o assunto seriamente. 

Então renasci, me tornei uma pessoa mais consciente. Antes de ser vegetariana eu era comum, assim como a maioria, não nasci num lar vegetariano, mas a mudança é possível, basta querer e informar-se, o resto é consequência.


"Inspiração vem dos outros. Motivação vem de dentro de nós."



primeira fase!

15 fevereiro 2010

10 Mandamentos para carnívoros que convivem com vegetarianos



"Nunca duvide que um pequeno número de pessoas engajadas seja capaz de mudar o mundo. Na verdade, sempre foram elas que mudaram o mundo."

(Margaret Mead)



1- Não pense que os vegetarianos são espartanos que se alimentam de cenouras cruas e brotos de feijão.
A pergunta que mais ouço é "O que você come?" Esta me deixa desconcertada; o que pode responder uma pessoa que tem uma dieta razoavelmente variada? Eu como espaguete, refogados, humus, cozidos, sorvete de framboesa, minestrone, saladas, burritos de feijão, bolo de gengibre, lentilha, lasanha, espetinhos de tofu, waffles, hambúrgueres vegetarianos, alcachofras, tacos, bagels, arroz com açafrão, musselina de limão, risoto de cogumelos silvestres — o que você come?
2- Aprenda um pouco de biologia.
Eu ainda não sei bem o que fazer com pessoas que são inteligentes sob outros aspectos mas acham que uma galinha não é um animal. Só para constar, vegetarianismo significa não consumir carne vermelha, aves, ou peixe — nada que tenha um rosto. Já perdi a conta das vezes em que garçons sugeriram um prato de frutos do mar como entrada "vegetariana".

3- Principalmente se as pessoas forem vegetarianas por razões éticas, não julgue que elas não se importarão com "só um pouquinho" de carne em sua refeição.
Você aceitaria "só um pouquinho" de seu gato, ou "um bocadinho" do Tio Jim em sua sopa?

4- Deixe de fazer lobby para a indústria da carne.
Parece que os carnívoros pensam que os vegetarianos são como as pessoas que fazem regime e que nós queremos trapacear de vez em quando. Meu pai tem certeza de que se ele conseguir me convencer que sua carne enlatada é uma delícia, eu vou ceder e comê-la. Amigos tentam me fazer experimentar "só um pedacinho" de qualquer prato com carne que eles estejam comendo, partindo da premissa de que é tão bom que é impossível que eu recuse. Há vezes em que penso que os carnívoros aprenderam a fazer pressão com os caras malvados dos filmes anti-drogas que nós assistíamos no ginásio. Ouçam bem: não precisam insistir dizendo que é "ótimo", nós não vamos comer.
5- Quando um vegetariano fica doente, não diga a ele ou a ela que está desnutrido.
Dos comentários que ouvi quando tive gripe, vocês pensariam que os carnívoros nunca ficam doentes. Quando eu fico doente, tem sempre alguém esperando para me dizer que é por causa da minha dieta. Na verdade, da mesma forma que existem carnívoros saudáveis e doentes, há vegetarianos saudáveis e doentes. (Por falar nisso, estudos demonstraram que os vegetarianos tem o sistema imunológico mais resistente do que os carnívoros.)
6-Quando estiverem em um restaurante com um vegetariano, tenham paciência -- comer fora pode ser um desafio mesmo para o mais consumado vegetariano.
Apesar da aceitação em voga da dieta à base de vegetais, a maior parte dos cardápios de restaurantes ainda está repleta de produtos animais. Alguns restaurantes parecem não ter nada a não ser carne em seus cardápios; mesmo as saladas têm ovos ou frango! Não reclamem se seus esforços para determinar os ingredientes exatos do minestrone parecerem paranóia; a experiência nos ensinou que esses interrogatórios à mesa são necessários. Após anos interrogando garçons e garçonetes, descobri que itens descritos como vegetarianos muitas vezes contém caldo de galinha, banha, ovos, ou outros ingredientes animais.
7- Não façam caretas para nossos alimentos.
Antes de torcerem o nariz para meu cachorro-quente de soja ou para o tofu, pensem naquilo que vocês estão comendo. Só porque se alimentar de animais é amplamente aceito, isso não significa que não seja uma grosseria.

8- Percebam que nós provavelmente já ouvimos isso antes.
Uma das coisas mais engraçadas sobre ser veg é a pessoa que tem certeza de ter o argumento que vai mudar minha maneira de pensar. Quase que invariavelmente vêem como uma destas jóias:
(a) "Animais comem outros animais, portanto porque os seres humanos não o fariam?" (Resposta: A maior parte dos animais que mata para se alimentar não sobreviveria se não o fizesse. Esse obviamente não é o caso com os seres humanos. E desde quando usamos os animais como exemplo de comportamento?)
(b) "Nossos ancestrais comiam carne." (Resposta: Talvez — mas eles também moravam em cavernas, conversavam aos grunhidos, e tinham escolhas muito limitadas de estilo de vida. Supõe-se que nós já tenhamos evoluído desde aquela época.)
9-Apesar da opinião popular, vocês não têm o direito de esperar que os vegetarianos transijam convicções pessoais em nome da "cortesia".
Pessoas que nunca sonhariam em convidar um alcoólatra recuperado para experimentar sua vodca preferida, ou em querer que alguém que levasse uma vida kosher aceitasse um pouco de bacon, acham perfeitamente razoável esperar que eu coma o bolo de carne da tia Maria porque eu o adorava quando criança e ela ficaria muito ofendida se eu não aceitasse um pouco agora.
10-Parem de dizer que os seres humanos "precisam" comer carne;
Nós somos a prova viva de que não precisam. Pessoas que sob outros aspectos respeitam minha capacidade de me cuidar recusam-se a acreditar que não tomei a decisão de me tornar vegetariana impulsivamente. Eu fiz muita pesquisa sobre o vegetarianismo — provavelmente mais do que vocês fizeram sobre dieta e nutrição — e estou confiante da escolha que fiz. Vocês conhecem os estudos que demonstram que os carnívoros tem duas vezes mais possibilidade de morrer de problemas cardíacos, 60% mais chance de morrer de câncer e 30% a mais de possibilidade de morrer de outras doenças? Eu não estaria comendo desta maneira se uma extensa pesquisa não tivesse me convencido de que o vegetarianismo é mais saudável e mais ético do que comer carne; uma pergunta mais pertinente seria se você pode justificar a sua dieta.


Texto de Alison Green retirado da internet
Tradução: Mirian M. Costa

14 fevereiro 2010

Pizza Vegana


Um dia a noite, todos em casa morrendo de vontade de uma pizza, acabei indo para a cozinha adaptar uma receita antiga que eu tinha, resultado, uma massa fofinha e um recheio delicioso a la vegana.

Massa - para uma pizza:

2 xíc. de chá de farinha de trigo (de preferência integral)
1/2 xíc. de chá de óleo de canola ( ou de sua preferência)
1 xíc. de chá de água + 2 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de fermento em pó (royal)
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de café de sal
Mistura tudo e deixa a massa descansar por 10 minuntos. Então unte uma forma grande com óleo e espalhe a massa por igual.

Molho:

Molho de tomate de latinha, caixinha ou de preferência caseiro.
- Espalha por cima da massa.

Recheio 1

350 gramas de tofu amassado, e temperado com sal e azeite de oliva.
2 colheres de sopa de orégano
1/2 lata milho com ervilha
150 gramas de champignon
1 vidro de palmito cortado em pedaços
azeitona verde ou preta a gosto
azeite de oliva a gosto
sal a gosto

- coloque 1º o tofu, espalhando bem por cima da massa já com o molho de tomate. Em seguida coloque os outros ingredientes, espalhando por igual e salpique com sal a gosto. Regue com azeite de oliva e coloque o orégano por cima de tudo. Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 30 minutos em fogo médio. (cuidado, o tempo depende de cada forno, o ideal é depois de 20 minutos cuidar)


Recheio 2

350 gramas de tofu amassado, e temperado com sal e azeite de oliva.
2 colheres de sopa de orégano
1/2 lata milho com ervilha
1 vidro de aspargos cortado pedaços pequenos
azeitona verde ou preta a gosto
azeite de oliva a gosto
sal a gosto

- coloque 1º o tofu, espalhando bem por cima da massa já com o molho de tomate. Em seguida coloque na ordem: milho/ervilha, aspargos e azeitona. Salpique com sal a gosto. Regue com azeite de oliva e coloque o orégano por cima de tudo. Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 30 minutos. (cuidado, o tempo depende de cada forno, o ideal é depois de 20 minutos cuidar)

- O pimentão vermelho cortado em tirinhas finas, fatias de tomate e cebola bem fina, também podem ser adicionado em ambos os recheios.
- Se tiver tempo e paciência... refogar o tofu com temperinhos antes, também dá um toque especial.

09 fevereiro 2010

Quem são os irracionais???


Ache outros vídeos como este em vista-se

"Para Refletir"

"Se os animais inspiram somente ternura, o que houve, então, com os homens?"
(Guimarães Rosa)


Que a luz ilumine nossas consciências, a alegria esteja sempre em nossos dias e o amor em nossos corações!!

05 fevereiro 2010

Sobre Tolices Importantes


Ainda posso me lembrar de um tempo onde qualquer hora do dia era fim de tarde com cheiro de café e bolo de fubá fresquinho.
Tudo girava em torno de coisas tolas tão importantes! Já se perguntou alguma vez o que estamos fazendo com nossas vidas? Eu disse NOSSAS vidas!
Parece que esquecemos de sentir, cheirar, parar para olhar, parar para viver algo e se surpreender. Nada disso acontece mais de forma natural.
E por que não nos surpreendemos, nem sentimos, nem vivemos, nem cheiramos?
Por que esperamos demais, acomodados em expectativas que já vem enlatadas e totalmente fabricadas, com os conservantes da mais pura esquizofrenia social;
Presos à valores ridículos e insanos, que nem temos tempo de repensar, pois não se pode enxergar azul num mundo só de amarelo.
Vivemos no piloto automático sempre, fazendo só "o que deve ser feito", o que dá orgulho à sua família ou ao seu ciclo social ridículo e limitado, só para satisfazer essas expectativas pré-fabricadas e prontas para o consumo.
Nesse ponto já se esquece que nosso coração também tem voz, que podemos abandonar o caminho trilhado à qualquer momento, sem dever nada a ninguém e sem ater ao orgulho, que é um valor que destrói muitas almas.
Como disse a poetisa: "Lúcidos? São poucos"
Céus! Vejam quantos sonâmbulos andam nas calçadas; quantos mortos vivos dirigem seus veículos do ano;
Veja, veja com horror as pessoas de terno que correm apressadas pelas ruas, como quem corre num pesadelo, sem saber do que!
Conseguiram industrializar até a vida.
Já é tempo de ser lúcido. Não se submeta, acorde!

(fonte: http://fecer.blogspot.com/ by Felipe)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...