26 fevereiro 2011

Futuro

Passamos toda a vida nos preocupando com o futuro. Fazendo planos para o futuro. Tentando prever o futuro. Como se desvendá-lo fosse aliviar o impacto. Mas o futuro está sempre mudando. O futuro é o lar dos nossos medos mais profundos e das nossas maiores esperanças. Mas uma coisa é certa: quando ele finalmente se revela, nunca é como imaginamos.
Grey's Anatomy

06 fevereiro 2011

Tudo sobre Gilmore Girls


Gilmore Girls foi, é e sempre será a série da minha vida. E eu afirmo isso sem medo algum de mudar de opinião futuramente, pois não acredito que alguma série consiga mexer comigo o tanto quanto essas garotas e seu universo mexeram. Tenho todos os boxes aqui e quase todo dia assisto algum episódio por uma enésima vez. A emoção que eu sinto, contudo, é a mesma de como se estivesse assistindo pela primeira vez. Impulsionado, comprei a primeira temporada sem nem ao menos saber do que se tratava a série. Minha vida mudou a partir dali e eu me mudei de vez para Stars Hollow, aquela cidade pitoresca, charmosa e encantadora, que conseguiu me conquistar como nenhum lugar do mundo conquistou. (Esse primeiro parágrafo diz tudo, até parece que eu escrevi.)
Originária do extinto canal Warner Bros, criada por Amy Sherman Palladino e estrelada pelas absurdamente carismáticas Lauren Graham e Alexis Bledel, Gilmore Girls durou exatamente 7 temporadas, constando de 153 episódios. É baseada no relacionamento familiar de Lorelai (Lauren Graham) e Rory Gilmore (Alexis Bledel), que antes de serem mãe e filha, são melhores amigas. É uma história de carinho, amizade, amor, companheirismo, crescimento. Suas características principais são os diálogos rápidos, quase sem pausas, as inúmeras referências culturais (que vão de Xuxa até Harry Potter, passando por Paul Anka, nome com o qual Lorelai batiza seu cachorro!) e sua trilha sonora, composta em uma parte pelos seus famosos “lalalas”.

A HISTÓRIA
A premissa da série parte do fato de Lorelai ter tido Rory aos 16 anos, o que resultou em diversos atritos com seus pais, os conversadores Richard e Emily Gilmore. Após discutir, os dois decidiram que a jovem deveria se casar com Christopher Hayden, o pai de Rory. Claramente contrária a ideia, Lorelai foge de casa e se emancipa, optando por criar Rory sozinha, no pacato povoado de Stars Hollow. A relação da jovem com seus pais nunca mais foi a mesma, até que no episódio piloto da série vemos a mulher, hoje uma bem sucedida gerente de pousada, procurá-los em busca de auxílio financeiro para os estudos de Rory, que é cedido em troca da simples proposta de jantares de sexta-feira, com todo o clã Gilmore reunido. Daí em diante, somos transportados para esse universo maravilhoso e compartilhamos de alegrias, tristezas, dramas, festas e todos os momentos vividos pela excêntrica família e seus amigos. Usando uma frase que Lorelai sabiamente diz ao 14° episódio da 6ª temporada, “We’ve been Gilmored!”(Estamos “gilmorizados”!)

Leia também Gilmore Girls e Eternamente Gilmore Girls ou continue lendo esse post completo.

05 fevereiro 2011

Sobrevivi

Machucaram meu passado e prenunciaram dias sombrios.
Fui visitado pela sabedoria e soube reconhecê-la.
Conversei cuidadosamente com o tempo.
Sobrevivi.
(Gabriel Chalit)

E o Manifesto Vegetariano?

Têm muitas pessoas perguntando "Aonde está o blog Manifesto Vegetariano?" e "Por quê você deletou o blog?", enfim, resolvi explicar minhas razões.

Quando tudo é novidade, o que mais desejamos é gritar para o mundo, compartilhar novas experiências e decisões que levam nossas vidas para um novo nível de entendimento ou muda tudo ao nosso redor para sempre e para melhor, pelo menos é assim que eu imagino que aconteça.  E essa foi a razão porque criei o blog Manifesto Vegetariano, para falar das mudanças significativas que aconteceram comigo e ao meu redor no último ano, desde que me tornei vegetariana e também para compartilhar textos que fizeram toda diferença nessa fase de descobertas e esclarecimentos.

Mas o tempo passou, e o que era novidade, simplesmente tornou-se parte do meu dia-a-dia. Ser vegetariana já faz parte de mim, do meu corpo, dos meus pensamentos e da minha existência (apesar de sucumbir de vez em quando, rsrs). E por  isso já estava na hora de fazer parte desse blog que carrega tanto de mim, tudo tornou-se uma coisa só.

Vegetarianismo não é uma regra, é uma exceção. Poucos são capazes de chegar lá, infelizmente ser vegetariano não é para todos, e provavelmente, nunca será. Precisa-se de força de vontade, coragem, e acima de tudo, muito amor e respeito pelos animais, e pensar neles o tempo todo, para não sucumbir a tentação da carne.

03 fevereiro 2011

A franja de Sandra Bullock




Enquanto os críticos de moda caíram matando na franja da Sandra Bullock na premiação do Globo de Ouro, eu venho aqui dizer que achei que ficou perfeita, deixando ela mais linda e jovial do que nunca. Claro que sou suspeita, já que sou adepta ao franjão a quase um ano, acho totalmente fashion e cheio de personalidade o uso de uma franja, ainda mais em cabelos escuros.
Aproveito também para elogiar o vestido, o modelo e a cor, maravilhoso. 
Sandra Bullock é uma mulherzinha talentosa, linda e de muito bom gosto.

Leia também: O poder de uma franja

Final inesperado

E foi já com lágrimas nos olhos, com a passagem de dois anos no tempo e o lindo discurso de formatura de Lux, como oradora, que me dei conta que era o último episódio do seriado que me cativou totalmente - Life Unexpected. 



O player fechou e as lágrimas rolavam. Intenso, emocionante, significativo. Life Unexpected não precisava acabar, mas se tinha um jeito da série terminar em grande estilo, esse era o jeito. (...) só tenho a dizer que Life Unexpected foi uma das melhores produções que a CW já fez e se você ainda não viu, está perdendo a chance de se emocionar com esse belíssimo drama familiar que faz você se envolver e sentir.
(...) Foi realmente lindo e os minutos finais foram derradeiramente emocionantes. Para mim foi impossível de conter as lágrimas. Seu final precipitado mostra o quanto a audiência americana está longe de apreciar algo que realmente seja alguma coisa na tv. Life Unexpected foi uma série sobre amor, família e sentimetos. Foi a jornada de uma garota a procura do sentimento mais puro que pode existir. E como num programa de rádio que chega ao fim, finalizo essa review dizendo: “That’s all Portland!”




O discurso de formatura de Lux

Estou aqui hoje pensando no futuro, e no desconhecido que há pela frente. Nunca pensei que estaria aqui de capelo e beca, olhando tantos que amo, formando-me com vocês. Todos disseram para escrever o que sei. Sei que a três anos não teria sido capaz de discursar aqui. E não me imaginava indo para a faculdade, e agora estou indo com minha melhor amiga. Sei que no meu tempo aqui, aprendi mais do que imaginava possível. Passei em matérias que mal sabia soletrar, como cálculo. Como física que amei, pois as leis da física, são basicamente as leis da vida. Mesmo com todo caos imprevisível a nossa volta, há constantes universais. Gravidade, velocidade de luz, elas nunca mudam, mesmo quando todo o resto muda. A vida é cheia de incertezas, e é quando elas oprimem demais, que temos que nos segurar as constantes. Como nossos amigos, aqueles que não temem dizer que não existe "ser normal". Aqueles que estiveram em nossas vidas em todos os minutos, mesmo nos mais difíceis. Como aqueles que podiam ter ido embora, mais escolheram ficar, mesmo tendo suas próprias vidas, família e seus próprios filhos. Como nossos pais, pois não estaríamos aqui sem eles, que nos pegam quando caímos... que vêm quando chamamos... que respondem quando batemos. Todos aprendemos o que é um ano-luz e estes anos juntos, foram nossos anos-luz. Os anos em que tudo ficou mais claro, e aprendemos que os brilhos em nossas vidas, não são apenas luzes, mas constantes. E não importa aonde eu vá, ou o que eu faça, você é minha constante. Que você nunca esqueça a sua. E agora, se a classe de 2012, puder virar a borla do capelo... estamos formados!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...