02 março 2011

Caminhos para viver mais


Ponto pacífico: todo mundo gostaria de viver mais e, claro, com qualidade. No mundo maluco de hoje, saber o que fazer para cumprir esse objetivo é missão cada vez mais complexa. O que realmente faz bem e o que de fato faz mal? Novos estudos sugerem que nem sempre o caminho que escolheríamos é a melhor rota para a longevidade, segundo Jo Carlowe.

  1. Fique Nervoso - pesquisa de Harvard mostra que quem exterioriza sua raiva pode ter menos risco de morrer prematuramente. O estudo não defende a violência!
  2. Tempere Sua Vida - a cúrcuma supostamente fortalece o sistema imunológico, alivia doenças inflamatórias como artrite, melhora a digestão e dissolve cálculo biliar, segundo pesquisadores de Cincinnati.
  3. Fique Frio - diversos estudos mostram que pequenas doses de um agente estressante, como calor ou frio, podem beneficiar a saúde, e os centenários costumam dizer que o segredo de sua longevidade são banhos frios e mergulhos em água gelada.
  4. Beba Água Rica em Minerais - o cálcio ajuda a reduzir a pressão sanguínea, e o magnésio é importante para um coração saudável.
  5. Glorifique - as boas redes sociais dos fíéis praticantes, em vez da espiritualidade propriamente dita, favorecem os religiosos.
  6. Orgasmo - atingir pelo menos 2 orgasmos por semana pode aumentar a expectativa de vida em oito anos.
  7. Use Fio Dental - quando as gengivas inflamam, o corpo prepara uma resposta imunológica, isso aumenta a inflamação - uma das causas dos problemas do coração, e quem adota o fio dental tem 57% menos riscos de derrames e problemas no corpo todo.
  8. Solte a Voz - estudos têm associados o canto a batimentos cardíacos mais lentos, pressão arterial reduzida e diminuição do estresse.
  9. Demore a Ter Filhos - é mais provável que mulheres com mais de 100 anos tenham dado a luz depois dos 40 anos, do que as que viveram até os 73, além da saúde reprodutiva, o impacto de estresse é menor, já que nessa idade as mulheres já estão financeiramente mais seguras.
  10. Não Relaxe Demais - se estressar na dose certa pode ser benéfico. Acredita-se que o cortisol, hormônio do estresse, contribua para o desenvolvimento dos órgãos.
Fonte - Revista Para saber e conhecer

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...