04 abril 2011

A realidade do mundo virtual


Admiro quem sabe criar laços na internet, participar de comunidade e páginas interessantes, seguir blogs que gostam, criar seus próprios blogs, mas sinto pena de quem só sabe usar sites de relacionamentos, e pior, só para bisbilhotar a vida alheia ou para aparecer. Tudo bem, faz parte, é quase impossível não dar uma espiada em alguém de vez em quando, ou sentir vontade de contar alguma vantagem, só que muito melhor é criar laços, amizades, afinidades, acompanhar notícias, informações, se atualizar com coisas que realmente lhe interessam. Sem esquecer de usar para se divertir, ousar, discutir, explorar, compartilhar, divulgar, extrapolar nossos limites, pensamentos e falar/escrever 'quase' tudo que sente vontade. Por isso mulherzinhas, usem e abusem da internet, sabiamente claro, ela pode mudar suas vidas, exemplo - eu jamais teria me tornado vegetariana, se não tivesse dado o primeiro passo virtualmente
E tem mais, foi na minha vida virtual, que descobri que não estou sozinha, por incrível que pareça, meu blog consegue atingir um número enorme de mulheres que lá fora, vivem como eu, na realidade da ViDa, verdadeiras mulherzinhas sem frescura.

Um comentário :

  1. Oie, compartilho de suas palavras nesse post. Escrever vira terapia com o tempo. As redes sociais estão muito rotineiras, fofocada, espiação e tem toda espécie de gente. Do ignorante ao culto. O importante mesmo disso tudo é crescer. Aí a gente vai aprendendo.
    Abraço
    Késia Mara

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...