30 junho 2011

Antes de dormir


É sempre assim, antes de dormir meus pensamentos vão longe e fico cheia de ideias legais e sem frescura para novas publicações, mas pela manhã puft sumiram. Outras vezes deixo as ideias para lá, principalmente quanto tratam-se de coisas pessoais, hoje reflito bastante antes de expor minha vida e meus sentimentos no mundo virtual, por pura questão de preservação.

O blog continua, em ritmo mais lento ultimamente, mas sem parar, e está cheio de publicações novas que têm tudo haver comigo e com minhas leitoras sem frescura.

A dor que ensina

Quer saber, chegue mais perto, vou dizer. Penso que estou acostumada a deixar rolar assim e me viro bem com uma "porçãozinha" de dor. Não sofro, sinto dor. Muito diferente! Pode parecer ridículo, engraçado, sem graça, você pode achar perturbador, mas eu já me acostumei a viver desse jeito. Que graça teria se tudo fosse apenas flores? As flores, coitadas... Perderiam o valor... Não teria graça viver sem idas e vindas, sem feridas para cicatrizar. Eu gosto de morrer um pouquinho para sentir o sabor de renascer. Renascida, fortalecida, inteira, crescida. E assim vou "saborizando" minha vida. Coleciono cicatrizes, sim! Não tenho vergonha delas, foi assim que cresci, foi assim que aprendi e assim vai ser. Sempre mostro para as pessoas queridas, pois me orgulho delas, pois em cada uma está "imprimida" minha força, minha vontade de crescer, vencer. A vida é assim. Momentos. E se for de dor, que seja de pura dor, eu bem sei que em seguida há um sorriso iluminado como em dias ensolarados. A verdade é que a dor me faz companhia, na verdade ela pode ser companheira, basta achar nela o que ninguém quer ver. Que a dor ensina e ensina muito. No dia seguinte à dor, chega um recomeço de presente, embrulhado num lindo laço cor de rosa. Você pode até duvidar, mas eu não duvido. Vale muito a pena!

Por Flavi Miranda - via Bicho Mãe

E depois de um texto maravilhoso como esse, não preciso falar mais nada, trouxe flores para meu dia, fico feliz em saber que não estou só nesse meu mundo de dores, cicatrizes, aprendizado, flores e belos presentes.

27 junho 2011

Conhecer a si mesmo é conhecer tudo


Conhecer a si mesmo é conhecer tudo. E é só isso que enfatizo: nenhuma crença, nenhum dogma, nenhum credo, nenhuma igreja, nenhuma religião.

Por um simples processo de observação interior, você passa a conhecer a si mesmo. E, no momento em que você sabe quem é, logo descobre a verdade essencial de toda a existência, da própria vida, pois você é parte dela.

26 junho 2011

Quando me amei de verdade...

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!
(Quando me amei de verdade-Kim McMillen & Alison McMillen)

21 junho 2011

Saindo agora do forno - Bife de Soja à Parmegiana


Bife de Soja à Parmegiana... servidos?

Ingredientes
  • 1 latinha de bife soja / superbom
  • 1 pacotinho de molho de tomate pronto
  • 1 caldo de legumes
  • orégano 
  • farinha de rosca
  • azeite/óleo
  • queijo mussarela ralado 
(aqui dobrei a receita - família grande e gulosa)

Modo de Preparo

Abra a latinha, escorre a água e passe cada bifinho na farinha de rosca. Arruma numa travessa, espalha óleo por cima. Leve ao forno até dourar, vire os lados para ambos ficarem torradinhos. Em seguida, numa panela, misture o molho de tomate com o caldo de legumes e um pouco de água, deixa ferver, jogue por cima dos bifinhos, coloca o queijo e orégano, leve ao forno novamente para gratinar. Pronto, fácil e rápido. E ainda melhor, sem fritura.

Obs.: para quem não consome produtos lácteos, troque o queijo por tofu temperadinho ou queijo vegetal.

Libertação

O ser humano vivência a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. 
Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. 
Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior.

(Albert Einstein)

O que estamos consumindo

Come-se pratos gigantes e gordurosos no restaurante, e se pede um refrigerante "light" sem perceber a incongruência disso. E até mesmo esse refrigerante, que só é "light" porque substitui o açúcar por compostos cancerígenos (como o Aspartame), possui uma quantidade absurda de SAL (sódio), que provoca hipertensão (que provoca insônia, agitação, palpitações, etc).

Tudo que comemos tem açúcar e sal. Até pão-doce tem um monte de sal! Vivemos entre o doce extremo e o salgado extremo, sem meio-tons. O que estamos consumindo em nossas vidas? 

(A Farsa do Flúor)

16 junho 2011

Flutuando com segurança

Estou cansada dessa montanha russa... quero andar de carrossel.
 (by me)

04 junho 2011

PTS com Milho

(esqueci novamente de fotografar)
  • 2 ou 3 xícaras de pts graúda - hidratada e espremida
  • 2 latas de milho
  • 2 cebolas grandes - cortada em fatias finas
  • shoyo
  • 1/2 pacote ou caixinha de molho de tomate (opcional)
  • óleo ou azeite
Fritar a cebola no óleo, quando começar a dourar junte o milho e frite mais um pouco, junte a pts, depois de dar uma fritada com o milho e a cebola, acrescenta o shoyo numa quantidade que envolva toda a pts, mas que não crie caldo, refogar até secar, ou para quem prefere com mais molho, colocar o molho de tomate e um pouco de água. Sirva com salada e arroz branco.

02 junho 2011

Pastel de banana com chocolate

não lembrei de fotograr

Estava com vontade de comer chocolate e pastel de banana, e para não exagerar (rsrs), juntei os dois em uma única receita e ficou absurdamente gostoso.

O Pastel 

1 pacote de massa para pastel
6 bananas
Açúcar (2 colheres de sopa para o doce de banana e 1 xícara para passar os pastéis depois de fritos)
1 barra de chocolate meio-amargo
Canela (para o doce de  banana e para passar os pastéis depois de fritos)

Em uma panela, coloca as bananas cortadas em rodelas com as 2 colheres de açúcar. Leve ao fogo e cozinhe até o ponto que desejar, não precisa desmanchar totalmente as bananas. Desligue o foto e acrescente 1 colher de café de canela em pó, mexe e espera esfriar.

1 massinha, 1 colher de doce de banana e 1 quadradinho de chocolate - feche e aperta com o garfo as bordas para não abrir durante a fritura. Faça isso com todo o pacote de pastel. Fritar em óleo quente. Depois de frito, empanar na mistura de açúcar com canela.

01 junho 2011

Matando a vontade de Coxinha e Hamburguer - Cruelty Free


A 1ª coxinha que fiz na vida, e não é que deu certo. 

Receita - Coxinha Vegana - Por Desastre Vegano via Guia Veg.

Ingredientes do Recheio
1 copo de PVT miúdo
Água (para idratar)
Tempero à gosto
Molho de tomate
Mostarda 
Modo de Preparo do Recheio
Hidratei o PVT miúdo, meio copo mais ou menos…. cobri com água fervente por uns 5 minutos, escorri, lavei e espremi bem.
Tempere com o que você desejar! Eu usei mostarda, cebola, cheiro verde, sal, pimenta do reino e um pouquinho de molho de tomate, deixe o menos úmido possível porque senão na hora de montar lascou!
Ingredientes da Massa
500 ml de água
1 colher de sal
1/2 xícara de salsinha
2 colheres de creme vegetal
1-1/2 de farinha de trigo
Modo de Preparo da Massa
Coloque numa panela 500 ml de água, uma colher de sal, meia xícara de salsinha, duas colheres bem cheias de creme vegetal, e mais ou menos 1 copo e meio de farinha de trigo… Depois que a água ferver com os ingredientes…. aí você colocará a farinha… coloque aos poucos pois pode ser que você não use toda a farinha….. vá mexendo e quando soltar do fundo da panela está bom… sove o máximo que puder.
Montagem
Abra a massa na mão, faça bolinhas, achate e recheie, modele como bolinha, coxinha, o que você tiver mais habilidade. Depois de pronta, passe na água e na farinha de rosca, chacoalhe pra tirar bem o exceso de farinha!!! Frite em óleo bem quente. 

Obs.: Meu toque pessoal (mulherzinha sem frescura), troquei o sal por caldinho de legumes (vitalife), não gosto dos normais, acho muito gordurosos.

Que tal hamburguer de soja (pts). Tem bolo de banana caramelizada para o café depois.


 fotos reais e "pessoais", durante e depois do preparo das receitas.

Obs.: Não vou postar as receitas do hamburguer e do bolo de banana porque foram improvisadas, uma mistura de ingredientes que tinha em casa com ideias que peguei na internet, dando um resultado delicioso e único.

Frases - A Cabana - 2ª parte

"A falsidade tem uma infinidade de combinações, mas a verdade só tem um modo de ser."
(Jean-Jacques Rousseau)

"A Cabana" definitivamente não me conquistou, mas algumas frases, fora do contexto religioso, são ótimas e não poderia deixar de postá-las aqui.

O pecado é o próprio castigo, pois devora as pessoas por dentro.

A vontade de poder e independência se tornou tão disseminada que agora é considerada normal. 

Era confuso, espantoso e incrivelmente lindo.

A imaginação é uma capacidade poderosa. Mas sem sabedoria, a imaginação é uma professora cruel.

Muita coisa pode ser lembrada e aprendida ao se olhar para trás, mas somente para uma visita, não para uma estada demorada.

Esta imensa bola verde-azulada no espaço negro, cheia de beleza mesmo agora, espancada, abusada e linda.

Dentre os mistérios de uma humanidade ferida, este também é bastante notável: aprender, permitir a mudança.

O que fazem pode afetar meu orgulho, mas não meu amor.

Muitos acreditam que é o amor que cresce, mas é o conhecimento que cresce, e o amor simplesmente se expande para contê-lo.

A escuridão esconde o verdadeiro tamanho dos medos, das mentiras e dos arrependimentos.

"Minha igreja tem a ver com pessoas e a vida tem a ver com os relacionamentos. Não um monte de rituais exaustivos e uma longa lista de exigências, nada de reuniões intermináveis com pessoas desconhecidas. Portanto, não gosto muito de religiões e também não gosto de política nem de economia. É a trindade de terrores criada pelo ser humano. Quantos tormentos e ansiedades relacionados a uma dessas três coisas as pessoas enfrentam!"

"Eu crio um bem incrível a partir de tragédias indescritíveis, mas isso não significa que as orquestre."

As responsabilidades e as expectativas são a base para a culpa, a vergonha e o julgamento.

A religião usa a lei para ganhar força e controlar as pessoas de que precisa para sobreviver.

As emoções são as cores da alma. São espetaculares e incríveis. Quando você não sente, o mundo fica opaco e sem cor.

Torcido como um trapo e plenamente vivo.

Não é da natureza do amor forçar um relacionamento, mas é da natureza do amor abrir o caminho.

Mentiras são uma pequena fortaleza onde você pode se sentir seguro e poderoso, e tenta governar sua vida e manipular os outros. Os muros são as justificativas para suas mentiras.

Uma veste de pureza que o revestia de liberdade e decência.

Uma alegria delirante e deliciosa cresceu por dentro.

De repente estava exausto com a infinidade de emoções.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...