24 junho 2012

Seja mãe e não blogueira


Sinto um imenso desgosto em ver mães se achando tão "esclarecidas" porque possuem um blog, sendo que são exatamente essas que não sabem de nada e mantém a mente tão "pequena" em plena era da informação. 
Ser mãe está muito além das páginas da internet, se "conectar" não torna nenhuma mãe melhor ou pior, minto, talvez pior, antes uma mãe do tipo que cochila enquanto o filho pequeno dorme, aproveita para descansar, ou então cuidar dos seus afazeres (como eu sempre fiz quando meu filhos eram pequenos) e assim poder se dedicar 100% ao filho quando ele estiver acordado, do que aquela mão do tipo que fica mais na internet blogando e pensando baboseiras para escrever, do que com os próprios filhos, para chamar atenção de outras meia dúzia de mães do tipo "maria vai com as outras", sem personalidade nenhuma, muito menos com capacidade para criar uma criança, acabam "inventando" tantas regras e restrições, que a maternidade se torna uma coisa chata, cheia de frescuras que não leva a lugar algum, apenas não permitem que seus filhos tenham uma infância completa, com tudo que tem direito. 
Então seja mãe, e não blogueira, desligue o computador e vai aproveitar seus pimpolhos, não se preocupe com o que as outras "mães" irão pensar, o instinto materno já nasce conosco, o resto se aprende no dia-a-dia, e para saber se está fazendo certo ou errado, basta olha para seu filho e ver se ele está ou não feliz e saudável, e principalmente estar 100% presente e atenta a eles, sempre, e pronto!
A verdade é que teoria é muito bom, se informar é muito importante, mas aprender na prática, tudo ao seu tempo, para mãe e filho, é muito melhor, experiência própria!!!!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...